medicina e exercicio

Hematúria (Sangue na Urina)

Sangue na urina


A presença de sangue na urina, também chamada de Hematúria, faz com que ela fique rosa, vermelha ou preta, devido à presença de glóbulos vermelhos.

O sangramento pode ser proveniente dos rins ou de qualquer outra parte do trato urinário. Na maior parte das vezes, ocorre sem a presença de outros sinais ou sintomas.

Existem diversas causas para a Hematúria, sendo a maior parte delas inofensiva. Ainda assim, a avaliação com o Médico urologista ou ginecologista é importante, uma vez que este pode também ser o primeiro indício de algum problema mais grave.

Em algumas condições, o sangue na urina pode não ser suficiente para mudar as características e a coloração da urina. A hematúria somente será percebida através de um exame de urina.

A esta condição chamamos de Hematúria microscópica. De qualquer forma, é importante determinar o motivo para este sangramento.

Quais as causas para o Sangue na urina?

Infecção urinária

A Infecção urinária pode acometer qualquer parte do trato urinário, incluindo rins, ureter, bexiga ou uretra.
Na maior parte das vezes a infecção é baixa, acometendo bexiga (cistite) ou uretra (uretrite).

Os sintomas podem incluir uma vontade persistente de urinar, dor e ardor ao urinar e urina com cheiro extremamente forte.

Para algumas pessoas, especialmente entre os idosos, o único sinal de doença pode ser a presença de Sangue na urina.

Infecção renal (pielonefrite)

A Pielonefrite se caracteriza pela infecção que acomete os rins. As bactérias geralmente sobem da bexiga para os rins através dos ureteres.

A infecção está associada principalmente ao refluxo urinário (especialmente em crianças e adultos jovens) ou à Uropatia obstrutiva, quando há um bloqueio ao fluxo normal da urina.

Além dos sintomas descritos para a infecção urinária baixa, é mais comum que o paciente apresente febre alta, mal-estar geral e dor no flanco.

Cálculos urinários

A presença de Pedra nos rins ou Pedra na bexiga geralmente não provoca sintomas, exceto quando causam um bloqueio ao fluxo urinário ou quando a pedra está se deslocando.

O deslocamento das pedras dentro do trato urinário pode também provocar lesão na parede das diferentes estruturas e causar hematúria.

Próstata aumentada

A próstata aumenta geralmente em decorrência da Hiperplasia Prostática Benigna (em idosos) ou da Prostatite (especialmente em homens abaixo dos 50 anos).

Ela pode causar sintomas como dificuldade para urinar, Urgência miccional, aumento da frequência urinária e sangue na urina.

Doença renal

Sangue na urina microscópico é um sintoma comum de glomerulonefrite, uma inflamação do sistema de filtragem dos rins.

A glomerulonefrite pode ser parte de uma doença sistêmica, como diabetes, ou pode ocorrer por conta própria.

Infecções virais ou bacterianas, doenças dos vasos sanguíneos (vasculite) e problemas imunológicos podem desencadear glomerulonefrite.

Câncer

Sangue na urina visível pode ser um sinal de câncer avançado de rim, bexiga ou próstata. Infelizmente, estes sinais ou sintomas muitas vezes podem se manifestar apenas em uma fase avançada.

Anemia falciforme

A Anemia falciforme é uma doença de origem hereditária que leva à destruição de glóbulos vermelhos e pode levar à presença de Sangue na urina.

Trauma renal

O trauma nos rins, geralmente em decorrência de esportes de contato ou acidentes, também pode levar à presença de Sangue na urina.

Medicamentos

Certos medicamentos, incluindo quimioterápicos e antibióticos, podem levar à presença de sangue na urina.

Exercício extenuante

Ainda que pouco comum, o exercício extenuante pode levar à presença de sangue na urina. Isso acontece principalmente entre corredores.

Outras causas de urina vermelha


Vale aqui considerar que existem outras condições que podem deixar a urina vermelha além do sangue.

A primeira delas são certos tipos de alimentos, como a beterraba, amora ou pitaya. Estes pacientes não apresentam qualquer outra queixa além da urina vermelha e o problema tende a se resolver em até 1 a 2 dias.

Outra possibilidade é o uso de certos tipos de medicamentos, incluindo:

  • Rifampicina;
  • Fenolftaleína;
  • Daunorrubicina;
  • Fenazopiridina;
  • Contraste para exames, como na ressonância magnética.

No caso de outros medicamentos, é válido consultar a bula para ver se ela descreve a urina vermelha como um possível efeito colateral.

Diagnóstico da Hematúria


A investigação diagnóstica do paciente com sangue na urina deve envolver a pesquisa de todas as condições descritas acima como possíveis causas.

Isso inclui uma história clínica detalhada e exames laboratoriais e de imagem.

  • O exame de urina é importante para avaliar possíveis infecções ou a presença de cristais, que poderia indicar a presença de cálculos;
  • Caso uma hematúria microscópica tenha sido diagnosticada a partir de um exame de urina, um novo exame pode verificar se o problema está persistindo;
  • O exame de sangue pode ajudar na pesquisa de eventuais lesões tumorais;
  • Exames de imagem podem avaliar a presença de cálculos, obstruções e certos problemas renais;
  • A cistoscopia é um exame no qual um tubo com uma microcâmera na ponta é introduzido pela uretra até a bexiga.Eventualmente poderá ser identificada a origem do sangramento. Em outros casos, lesões que possam ser responsáveis pelo sangramento serão identificados.

Apesar de tudo isso, não é incomum que mesmo uma avaliação cuidadosa não seja capaz de identificar uma justificativa plausível para o sangramento.

Nestes casos, o paciente é apenas acompanhado, podendo repetir os exames caso o problema não se resolva por sí só.