medicina e exercicio

Bronquite Aguda

O que é bronquite aguda?

A bronquite aguda é uma inflamação dos brônquios, geralmente de causa infecciosa.

Os brônquios são estruturas tubulares que ligam a traqueia aos pulmões. E que possuem como função principal o transporte do ar para dentro e para fora do pulmão.

Quando infectados, os brônquios ficam inchados, a produção de muco aumenta e a respiração pode ficar comprometida.

Ainda que a infecção melhore após poucos dias, é comum que a tosse persista por algumas semanas.

aparelho respiratório

Sintomas

Os sintomas da bronquite aguda podem incluir:

  • Congestão ou aperto no peito;
  • Tosse secretiva, com muco claro, amarelo ou verde;
  • Chiado, dor de garganta e falta de ar;
  • Febre e arrepios;
  • Dores no corpo;

Qual a causa a bronquite aguda?

A bronquite aguda é mais frequentemente causada por uma infecção viral. 

Os mesmos vírus que causam resfriados podem causar bronquite aguda. 

Inicialmente, o vírus infecta o nariz (causando rinite), seios nasais (causando a sinusite) ou garganta (causando a ). A seguir, a infecção viaja para os brônquios. 

Causas menos habituais de bronquite aguda incluem:

  • Infecções Bacterianas ou fúngicas.
  • Exposição a irritantes, como fumaça ou poeira;

Por fim, é preciso considerar que o paciente com bronquite crônica muitas vezes apresentam períodos de agudização dos sintomas. Estas pioras geralmente estão associadas a sobreposição de uma infecção viral aguda.

Diagnostico

O diagnóstico é feito com base na história clínica e exame físico do paciente. Além disso, a radiografia de tórax deve ser solicitada para descartar uma pneumonia.

Tratamento não medicamentoso da bronquite aguda

O objetivo do tratamento da bronquite aguda se concentra em aliviar os sintomas. Algumas medidas recomendadas para isso incluem:

  • Beber líquidos;
  • Evitar cafeína e álcool.
  • Uso de umidificador, para aumentar a umidade da casa;

No caso de fumantes, é preciso parar de fumar;

Medicamentos para a Bronquite aguda

Diferentes classes de medicamentos podem ser consideradas para o paciente com bronquite aguda, incluindo:

Analgésicos ou anti-inflamatórios

Tem por objetivo o alívio da dor e da inflamação 

Mucolíticos

Os mucolíticos, como acetilcisteína ou bromexina, podem ser indicados pelo médico para ajudar a aliviar a tosse, pois agem deixando o catarro mais líquido facilitando sua eliminação.

Expectorantes

Os expectorantes, como guaifenesina ou ambroxol, ajudam a deixar o catarro menos grosso, o que facilita sua eliminação. 

Além disso, também podem ter ação antitussígena, ou seja, ajudam a aliviar a tosse.

Antitussígenos

Os antitussígenos, como o dextrometorfano ou clobutinol, ajudam a diminuir a tosse seca por meio de uma ação direta sobre o Sistema Nervoso Central.

Outro antitussígeno que pode ser considerado é a codeína. Este é um medicamento opioide, usado no tratamento da dor, mas que também age no cérebro diminuindo a tosse.

Esses medicamentos podem ser usados para bronquite aguda ou crônica com tosse seca, sem catarro. Eles não são indicados no caso de suspeita de infecção bacteriana respiratória.

Antibióticos

A maioria dos casos de bronquite aguda é causada por vírus. Isso significa que os antibióticos não ajudarão e que a infecção tende a desaparecer por conta própria. 

No entanto, eles podem ser recomendados especialmente no caso de pessoas com desnutrição, anemia grave, doença cardíaca, recém-nascidos ou idosos. 

Além disso, os antibióticos podem ser receitados para pacientes que apresentam sinais sugestivos de uma infecção bacteriana, o que inclui sintomas como febre acima de 38,5ºC, falta de ar e catarro com pus.

Broncodilatadores

Os broncodilatadores ajudam a abrir os brônquios, facilitando a respiração. Eles podem ser indicados quando a pessoa apresenta chiado no peito ou obstrução das vias respiratórias.

Corticoesteroides

Medicações corticoesteroides usadas por comprimidos ou por bombinhas inalatórias podem ser indicadas com o objetivo de reduzir a inflamação e a irritação nos brônquios.